Pessoas públicas e notoriedade: a curiosidade do público pode justificar um menor nível de privacidade?

Autores

  • Klever Paulo Leal Filpo
  • Luiz Augusto Castello Branco de Lacerda Marca da Rocha

DOI:

https://doi.org/10.46818/pge.v3i1.112

Palavras-chave:

Pessoas Públicas, Direito à Privacidade, Direitos Humanos, Pesquisa Jurídica

Resumo

A pesquisa desenvolvida pretende investigar em que medida o ordenamento jurídico brasileiro protege a vida privada das assim chamadas celebridades, examinando contribuições doutrinárias, revendo algumas decisões judiciais pertinentes e fazendo o estudo de um caso de aplicação concreta do instituto. O objetivo é suscitar uma reflexão crítica sobre a tutela desse direito em situações concretas envolvendo pessoas célebres.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2020-06-16

Como Citar

Paulo Leal Filpo, K. ., & Castello Branco de Lacerda Marca da Rocha, L. A. . (2020). Pessoas públicas e notoriedade: a curiosidade do público pode justificar um menor nível de privacidade?. REVISTA ELETRÔNICA DA PGE-RJ, 3(1). https://doi.org/10.46818/pge.v3i1.112

Edição

Seção

Doutrinas