A luta contra a teoria pura do direito na República de Weimar e o caminho para o nacional-socialismo

Autores

  • Rodrigo Borges Valadão

DOI:

https://doi.org/10.46818/pge.v3i3.177

Palavras-chave:

Nuremberg, Positivismo Jurídico, Mito.

Resumo

O conhecimento jurídico tradicional afirma que o Positivismo Jurídico, em geral, e a Teoria Pura do Direito, em particular, foram responsáveis pela degradação da democracia da República de Weimar e pelo funcionamento do Estado Nazista. No entanto, uma análise histórica demonstra que a Teoria Pura do Direito, de Hans Kelsen, era a principal adversária teórica de doutrinas que buscavam legitimar e viabilizar um Estado mais forte. Este estudo tem por finalidade localizar a Teoria Pura do Direito no quadro geral das principais abordagens teóricas adversárias do Direito do Estado alemão na República de Weimar, demonstrando como ela era a única que se recusava a acompanhar a tendência organicista e politizada da época.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2020-12-30

Como Citar

Borges Valadão, R. . (2020). A luta contra a teoria pura do direito na República de Weimar e o caminho para o nacional-socialismo. REVISTA ELETRÔNICA DA PGE-RJ, 3(3). https://doi.org/10.46818/pge.v3i3.177

Edição

Seção

Doutrinas